Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2019

DICA DO DIA!

Imagem
Quer viajar sozinho? Então dá uma olhada nessas dicas! Quer viajar (ou vai viajar) sozinho e está apreensivo? Separamos algumas dicas de viagem para você ficar mais calmo, confiante e apenas pensar em como aproveitar o destino! VIAJAR SOZINHO NÃO SIGNIFICA QUE ESTARÁ SOLITÁRIO Encarar a zona de conforto é o obstáculo a ser batido e, com certeza, o mais importante! Por isso, você precisa usar isso a seu favor. Lugar novo, gente nova. Aproveite os novos ares para descobrir um “novo eu” e tente ser mais descontraído e extrovertido para conversar com as pessoas. Afinal, do que adianta levar os mesmos pensamentos e comportamentos para um ambiente novo? Então, conheça gente! Você nunca sabe o que te espera. As vezes, uma pessoa estranha pode fazer toda a diferença na sua experiência. PESQUISE SOBRE A POPULAÇÃO E TURISMO DO DESTINO Como o próprio nome diz, a zona de conforto nos dá segurança. E por esse mesmo motivo, pode ser difícil vence-la. Para f

5 motivos para viajar à Namíbia (África)

Imagem
5 motivos para viajar à Namíbia, na África Já se imaginou em meio a um deserto? E em um safári fotográfico? Você sabia que na Namíbia, é possível ter os dois? Com nossa próxima expedição para Namíbia em abril de 2020 encaminhando, vamos mostrar como realizar esse sonho te dando 5 motivos para viajar à Namíbia. Vale lembrar que a Namíbia teve três lugares indicados para serem visitados em 2020. Você pode ver mais sobre em nossa matéria:  30 lugares para visitar na África 01) PAISAGENS A Namíbia tem a segunda menor densidade populacional do mundo, fazendo com que ainda existam grandes áreas e paisagens naturais. Mesmo com um clima seco e árido, o país possibilita ter uma boa variedade de ambientes para fotografar. 02)  FOTOGRAFIA Por ser um lugar totalmente fotogênico, suas cores, texturas, luzes e sombras são um berço para amantes de fotografia de vida selvagem. Desde as cores quentes do deserto, até o azul e escuridão das noites estreladas, nossos

Acampamento: Brasil x África

Imagem
Qual é a diferença entre acampar no Brasil e na África? Com mais de 18 expedições fotográficas acampando em países da África, a Luiz Carlos | Wildlife Photography separou alguns aspectos que diferenciam campings brasileiros dos campings africanos. Como referência de acampamentos em países como: África do Sul, Botsuana, Namíbia, Etiópia, Zâmbia, Zimbabue, Quênia, Tanzânia e Moçambique, eis alguns tópicos que devem ser levados em consideração: 1) Clima Ainda que ambos se igualem no quesito: dia = calor e noite = frio, ao acampar na África você enfrentará um clima seco e com muita poeira.   Já no Brasil, o clima é bem mais úmido. O que nos leva ao próximo tópico. 2) Vestuário Uma vez que o clima nesses países africanos são mais seco,   não há necessidade de muita quantidade de roupa. Afinal, sempre terão roupas secas no dia seguinte. Devido ao clima úmido no Brasil, as roupas demoram mais para secar, sem falar do risco em usar roupas úmidas por muito te

DICA DO DIA!

Imagem
Separamos 5 exercícios para fotógrafos iniciantes treinarem e explorarem sua fotografia. É normal que fotógrafos iniciantes tenham sede de fotografar a todo instante, ainda mais se essa fase foi iniciada do zero, ou seja, houve investimento de uma máquina fotográfica profissional nova, compra de acessórios fotográficos e/ou início em curso de fotografia etc. Por isso, muitas vezes, essas primeiras fotos tirada tendem a faltar com foco e objetivo. O fotógrafo iniciante, empolgado com seu ingresso no ramo, procura tirar o máximo de fotos possíveis pelo prazer simples prazer de fotografar, mas acaba deixando passar o objetivo dessa atividade. O por quê do registro de tal objeto? Por quê tal milimetragem nessa foto? E o por quê tirar um monte de fotos sem ligação entre elas? Bom, aqui vão 5 exercícios para fotografar, onde você não precisa estar matriculado em um curso de fotografia para praticar, e pode trabalhar suas escolhas antes de dar o click: 01) Lente em 50

VÍDEO NOVO NO CANAL!

Imagem
Confira o mais novo vídeo no canal da Luiz Carlos | Wildlife Photography Atenção fotógrafos profissionais! Esse vídeo vai para vocês! Se você é um fotógrafo profissional e viaja a serviço da fotografia, com certeza, já tem as suas manias e formas de carregar seu material. Mas será que essa é a forma mais segura e correta? Bom, agora você pode confirmar se suas técnicas de armazenamento estão corretas e/ou pode aperfeiçoa-las. Afinal, nunca é demais ver novas dicas e técnicas do mundo da fotografia. Nesse vídeo, o fotógrafo de vida selvagem Luiz Carlos dos Santos Junior fala um pouco de suas manias como fotógrafo e dá algumas dicas de equipamentos para a melhor segurança de seu material e mostra como otimizar tempo em tirar e guardar documentos da mala. Clique aqui para assistir ao vídeo. E ai? Você está fazendo certo? - Se inscreva em nossa newsletter e receba outros conteúdos como esses direto no seu e-mail! E não deixe de nos acompanhar

DICA DO DIA!

Imagem
Você conhece a Regra dos Terços? Uma das regras mais versáteis da fotografia, a regra dos terços é muito utilizada tanto por fotógrafos profissionais quanto para fotógrafos iniciantes. Ela consiste em dividir a imagem em nove pedaços proporcionais (duas linhas verticais e duas linhas horizontais), onde se criam quatro pontos de interseção dessas quatro linhas. Pontos nos quais, ao primeiro contato, os olhos são logo direcionados. Veja a ilustração abaixo: Qual seu propósito? A regra dos terços serve para direcionar o olhar para os elementos que deseja destacar e/ou deixar a imagem mais harmônica e/ou com uma composição mais atraente. Veja o exemplo: Aqui temos a imagem original, do jeito que foi tirada e sem nenhum tipo de pós-edição. Ao aplicarmos a regra dos terços, podemos enxergar melhor onde estão os elementos principais da imagem, em relação ao centro visual. Nota-se que os mesmos estão com uma boa composição, mas será que dá p

A desconhecida cultura africana

Imagem
África selvagem, exótica e receptiva A África é conhecida por sua vasta gama de animais e culturas. Mas o que pouca gente conhece, é a sensação de acolhimento desde o momento em que se pisa no continente. Conhecidos por serem arcaicos, as tribos africanas provam que, na verdade, nós somos os distantes em relação ao comportamento humano. Desapegados da ostentação, vivem em prol do bem-estar de sua existência e interação, onde cada costume é respeitado e compreendido como um ato importante e necessário de participação. Por isso, cada membro é uma peça importante para a tribo, e a evolução de cada um é motivo para se comemorar. Jovens em período de transição para guerreiros Norans. Os jovens masais, por exemplo, passam por um ritual ao completarem 15 anos, mesma época em que atingem a puberdade. Chamados de Norans e, agora guerreiros, pintam o rosto com barro branco e permanecem assim por um período de tempo para mostrar à comunidade tal transição. Essa é a base de s